Batemos um papo com a Voccatus sobre novo clipe

Voccatus - Crédito: Maylon Amorim
Voccatus – Crédito: Maylon Amorim

As cores têm um papel muito importante na sonoridade da Voccatus (RJ). No clipe “Sa.Day”, todas as cores se reúnem como forma de mostrar a importância da arte, seja ela a dança, a pintura ou a música. O vídeo é uma espécie de continuação do single “Do in Blue”, que foi lançado como lyric video e trabalha a força das cores azul, rosa, amarelo e branco. Tons que aparecem novamente no material audiovisual gravado em Campos dos Goytacazes, no Norte do Estado do Rio de Janeiro.

Todos vestidos de branco, enquanto o belo céu azul estimula a colorização. A vocalista interage com o quadro em branco e começa a pintar sobre o que sente. E a cada novo take, o tecladista, o guitarrista, o baixista, cada um assume uma cor como se fosse um traço da personalidade. O figurino, especialmente confeccionado para o clipe, dá destaque ao simbolismo das cores. Para falar mais sobre o lançamento do clipe, conversamos com Laís Paes, vocalista.

“Sa.Day se trata de dois pontos de vistas, dois sentir, duas razões, duas leituras de mundo, um embate constante e como possibilidade apenas o fim. Isso podemos estar falando das relações no geral, tanto do Eu-Outro, como também do Eu e um aspecto meu. A mensagem que quisemos passar tanto da letra, clipe e a frase de Nietzsche ao fim, é a importância da arte em todos os processos humanos e momentos de crise. Acho que uma coisa que a pandemia veio levantar fortemente foi isso, o quanto precisamos da arte e o quanto a arte nos toca e tocamos ela.”, destaca Laís.

A frase mencionada pela Voccatus ao fim do clipe “Sa.Day” é: Temos a arte para não morrer da verdade”, que está no livro “Vontade de Poder”, do Nietzsche. Qualquer semelhança com a realidade, não é mera coincidência. 

“Cada arte é única e como cada um vai interpretar ela também. Por isso em todos os nossos singles levantamos reflexões, mas não gostamos muito de descrever, porque acreditamos que como a arte perpassa e atinge você, depende somente de você. Mas claro que nós como autores e artistas levantamos algumas críticas sociais e questões a serem pensadas”, analisa Laís.

A banda que começou como cover de Evanescence, já trazia a teatralidade no palco como marca registrada. Durante a conversa com Laís Paes, ela conta que nos shows era comum o momento “Sinta”, em que a mesma estimulava o público a sentir o instrumental da canção, utilizando uma placa com os dizeres “SINTA”, que evoca a mensagem de “sentir-se livre de todos os preconceitos e julgamentos”. 

“Achamos que a arte é uma maneira de tanto transmitir uma angústia como quanto passar para o outro e falar “Hey estamos juntos, somos humanos e é permitido sentir”. Então a teatralidade perpassa aí como o meio de fazer o outro sentir com a gente.  E claro, esperamos cada vez mais explorar muito mais coisas, evoluirmos como musicistas e como artistas então sim, esperem cada vez mais criatividade e sentimento.”, adianta.

Este é o primeiro clipe com a Voccatus completa e foi adaptado TRÊS VEZES até chegar ao resultado que acompanhamos na tela. O motivo? Lembra da pandemia que assola o mundo há mais de sete meses? Culpa dela, de novo. 

“Significa muito mesmo pra gente, e o retorno das pessoas então está sendo incrível! Queria agradecer a todo mundo que sentiu com a gente e gostou. Foi tudo feito com muito carinho. Abrindo aqui o roteiro inicial do clipe demandava muito mais coisas, mas infelizmente com a pandemia precisou ser adaptado e reescrito umas três vezes. Mas acreditamos que tenha saído como no final das contas tinha que sair.”, relembra Laís.

O clipe SaDay foi editado por Maylon Amorim, que também é o responsável pela capa do single e pelas fotos de divulgação da Voccatus. A coreografia realizada no vídeo foi idealizada por Pedro Henrique. Já a canção conta com música e letra pela Voccatus. Enquanto a gravação, edição, mixagem e masterização de Anderson Borges.

Voccatus – Sa.Day (capa)

Conheça a Voccatus

De Campos dos Goytacazes, a Voccatus é uma banda de metal sinfônico que traz em seu repertório os singles “Do In Blue”, “Only to her I” e “Sa.Day”. Formada em 2017, anteriormente o grupo se dedicava a apresentações cover e releituras de canções pop. Fazem parte da banda os músicos Laís Paes (voz), Marcos André (guitarra), Tulio Marco (teclado e sintetizador), Fernando Carvalho (baixo) e Filipe Jardim (bateria).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *